Post anterior:
«

O que é hipster?

07/07/2011 - Categoria: Moda

O hipster é aquele que demonstra gostos, atitudes e opiniões consideradas cool, ou seja, atuais, legais, originais, autênticas, mas que não gostam de ser vistos como cool. Os hipsters andam em meio as pessoas no dia-a-dia mas não gostam de fazer parte delas e consideram brega e cafona tudo que é de gosto geral. E, é claro, rejeitam o termo hipster 😉

Hipsters americanos

Hipsters americanos

Foto

Afirma-se que a cultura hipster surgiu na década de 1930 com os Beatniks. Atualmente ressurgiu no início dos anos 2000 nos grandes centros urbanos americanos como Nova York, Los Angeles e outros. E da mesma forma no Brasil, concentram-se mais nos grandes centros urbanos como São Paulo, Rio e outros.

Mas o que é hipster de fato? Hipster é uma subcultura de homens ou mulheres tipicamente em seus 20 ou 30 anos que valorizam o pensamento independente, a contestação aos padrões, a política progressista, a apreciação da arte indie-rock, criatividade, inteligência e a conversa divertida. Os hipsters alegam que o hipsterismo é um estado de espírito, porém é um movimento amplamente ligado a moda já que a forma como se vestem marca o grupo preponderantemente.

Como um fenômeno de surgimento recente, o hipsterismo tem forte ligação com a internet e usa amplamente dela para divulgação de sua cultura. Quando não estão conectados em redes sociais como Facebook e/ou Twitter, estão se encontrando em cafés, em shows indie-rock e em baladas underground.

Os hipsters rejeitam sobretudo a cultura de consumo massivo e inconsciente predominante no hábito geral das pessoas e são vistos quase sempre vestindo roupas vintage, de brechó, apertadas, tênis old-school e óculos de aros grossos. Na verdade estão sempre inovando, indo do retrô ao progressivo num único visual.  Cabelos com visual andrógino, de cortes despenteados e assimétricos também fazem parte do rol de estilos hipsters. Estilos assim são muito associados ao trabalho criativo de estilistas, de cabeleireiros e outras pessoas da moda e são normalmente incompreendidos e pouco aceitos pelos consumidores padrão.

Fundamental para entender o que é hipster, é saber que parte do dogma central da cultura hipster é não se deixar  influenciar pela publicidade e pela mídia as quais tendem a promover somente um ideal de beleza etnocêntrico, ou seja, o branco-europeu. Conceitos de androginia e feminismo influenciaram bastante o pensamento hipster. O padrão americano de homem musculoso e atlético é fortemente rejeitado, o que é facilmente percebível na magreza normalmente encontrada nos hipsters homens. Esse mesmo ideal é visto com desconfiança pelas mulheres hipsters na medida em que simboliza a opressão machista, bem como o sexismo e a misoginia. Da mesma forma, padrões femininos like a Britney Spears também não são atraentes aos hipsters homens que acabam vendo tal padrão como resultado da insegurança feminina, bem como baixa autoestima e ausência de inteligência cultural e pensamento independente por parte das mulheres. Por fim, ainda dentro das questões sociais, os hipsters costumam abraçar causas sociais e se mostram muito abertos quanto as questões raciais. O grande número de casais inter-raciais encontrados nos centros urbanos vão de pleno encontro com a subcultura hipster.

Hipsters

Hipsters

Foto

Tão importante quanto saber o que é hipster, é observar que como todo movimento de vanguarda, os hipsters costumam ditar novos costumes, os quais inicialmente são bastante criticados pelos consumidores padrão que posteriormente acabam por adotar o que tanto criticavam e achavam esquisito. Os jeans envelhecidos e desbotados com cara de jeans velho são um exemplo. O mesmo acontece com a música, cujas bandas inicialmente ouvidas somente pelo grupo hipster são posteriormente ouvidas por um público massivo. Bandas hipsters favoritas como Bright Eyes, The Arcade Fire, The Arctic Monkeys, The Libertines e The Strokes e outras dessa natureza são exemplos.

Apesar do visual (intencionalmente) chamativo de seus gostos estéticos, os hipsters tendem a ser bem educados e possuírem alguma carreira ligada à música, à arte visual e à moda, muito embora alguns deles sigam carreiras de exatas e científicas também. De modo que a idéia comum que se tem de que são desocupados e são sustentados por seus pais nem sempre tem fundamento.

Veja um ótimo blog sobre o tema.

Tags: , , , ,
Compartilhe no WhatsApp

6 comentários:

  1. fabio

    Isso se chama: Crise de Personalidade. Umas praga que se alastra incontrolavelmente.

  2. Legal

    Putz… Gostei pra caramba da matéria… Parabéns!!!

  3. Marcella Castro

    Adorei a matéria!

    Bjo,

    Marcella

    http://semanier.com

  4. Ju

    Nossa, muito bom :~ hahaha

  5. wanessa

    Uau, que p… descrição!!! vc escreve muiiito bem!!! Sempre via esse termo e já desconfiava do que se tratava,mas como todo detalhista/ perfeccionista, entrei pelo google… cool…

  6. yago

    o comentário do fabio só mostra como as pessoas ainda tem a cabeça mto pequena p aceitar pessoas diferentes, lamentavel… ótima matéria, parabens!

Deixe o seu...





COMPRAS - LEIA ANTES DE COMENTAR: O Desideratto.com é apenas um blog de design e, por enquanto, não vende nenhum produto. A maioria dos produtos aqui mostrados são de empresas estrangeiras, portanto a aquisição nem sempre será possível. De qualquer forma, sempre colocamos o site da empresa responsável pela venda ou fabricação abaixo das respectivas imagens ou em meio aos textos. Através deles você poderá eventualmente encontrar formas de adquirí-los.