Links Patrocinados

Posts e imagens de Dicas de decoração

Como acertar na decoração

Decoração | 01 d Jul d 2013

Acertar na decoração está longe de ser uma tarefa fácil. Se para os profissionais já difícil, quem dirá para o leigo que quer meter a mão na massa 🙂

Ao decorar a casa ou algum ambiente específico, nem todo mundo pode contar com a ajuda de um designer de interiores ou de um arquiteto. Sem orientação profissional, o faça você mesmo na decoração pode acabar um fiasco. Isso porque combinar peças de mobiliário essenciais com elementos decorativos, de forma que tudo fique bonito, prático, confortável e com a personalidade dos moradores não é nada fácil.

Para facilitar essa tarefa difícil – mas não impossível – convidamos a arquiteta Alessandra Sorrentino Neira para listar os principais erros cometidos pelas pessoas na hora da decoração. Veja quais são e fuja deles:

1 – Esquecer a intenção da decoração: Muitas pessoas não conseguem definir o que querem, de fato, para um ambiente. Às vezes, o casal não consegue chegar a um acordo e cada um imagina uma coisa. Na hora de decorar, eles saem fazendo um pouco do que cada um quer, e, no final, parece que uma peça do ambiente “não conhece” a outra. Ao definir a intenção, já se tem meio caminho andado, aí é só seguir a ideia para montar o ambiente.

2- Muitos detalhes: Outro erro comum é achar que quanto mais detalhes, mais a decoração estará elaborada. Quase sempre isso não funciona: o ambiente sobrecarregado de detalhes vira um local cansativo e disperso, onde não temos uma atenção fixada.

3- Mistura de cores e estampas: A mistura de tecidos coloridos e estampados também aumenta a chance de erro. Embora haja muita liberdade hoje na decoração, é preciso misturar harmonicamente as cores, formas, estilos e épocas. Os elementos não devem ser misturados aleatoriamente, e, por isso, a necessidade de referência, seja do arquiteto ou da própria pessoa que se arrisca a decorar.

4- Tamanho do mobiliário: Cada ambiente pede um tamanho proporcional para o mobiliário que irá atendê-lo. Antigamente, era muito comum salas enormes com sofás pequenos. Isso não ocorre tanto hoje, mas em compensação, tem sido cada vez mais comum as salas pequenas com sofás grandes. É preciso ajustar o tamanho do mobiliário ao tamanho do ambiente.

5- Tamanho da TV: As televisões têm uma distância mínima necessária para se conseguir aproveitar a definição da tela. É comum pessoas com salas pequenas e enormes televisores. Isso é um erro na decoração. Fique atento à especificação técnica do fabricante.

6- Não perceber suas necessidades: Um dos erros mais graves é não perceber as reais necessidades da família ao decorar. Muitas vezes a família compra um sofá claro, igual ao que viu na revista, mas se esquece das três crianças da casa. É preciso que a escolha na decoração possa ser vivenciada com tranquilidade posteriormente, senão isso gera um problema para a família.

7- Escolha errada da cor: Escolher uma cor para a parede é um risco constante. A cor precisa ser harmônica com o entorno, com tudo o que pode interferir e interagir com ela, e, ainda, tem que ser específica para os principais usuários do local. Um exemplo de mau uso da cor: a família pinta o quarto do bebê com cores fortes, e depois não sabe por que o bebê é inquieto. Para cada ambiente deve-se buscar a cor ideal.

8- Iluminação: Outro erro comum. Cada tipo de lâmpada deve ser usada de uma forma diferente. Algumas alteram as cores de tudo. Ao formar um ambiente é importante que se pense com calma sobre a iluminação, para atingir o objetivo esperado.

Fonte desconhecida

Comente! Tags: , , , ,
Links Patrocinados

Having Guests at your Beach House

Interiores | 08 d Feb d 2012

You have spent years getting your beach house to just the right level of sophistication and relaxation and now it’s time to show it off. How do you do that effectively without cramming too many people into sleeping arrangements that they hate? The answers to that are surprisingly simple.

Twin over twin

Twin over twin

Set aside one room to be a guest room and fill it with twin over twin bunk beds. I am not talking about those awful beds that you spent time in as a kid at summer camp. Bunk beds have come a long way and you can get them in adult sizes. They are effective at increasing the sleeping space without using a lot of floor space. Plus, they are comfortable and the designs are a lot cooler than they used to be.

Don’t make anyone sleep on an old pullout couch. Those pullout couches are horrible uncomfortable and even the best still leave something to be desired. The mattresses are thin, you can feel the springs and they wreck your back. Instead of the pullouts I suggest getting futons or day beds. A high grade futon has some serious comfort factor and is usually a good couch too. I would suggest getting a removable pillow top to that you can increase the cushiness of the futon even more and reduce wear and tear on that mattress. Day beds are great for this too but are beds first that you need to convert into couches. The right cushions and throw pillows will do this nicely.

Buy lots of extra pillows and bedding. Everyone likes a different amount of neck and head support when they sleep. Make sure that you can accommodate everyone and not leave anyone wanting. Bunk beds don’t mean much if you are just sleeping on a mattress with no pillows or sheets.

These are some seriously simple suggestions but they will go a long way to making your guests more comfortable and keeping them interested in coming back next time you invite them.

Comente! Tags: , , , , , , ,
Links Patrocinados

Decoração de quartos alugados

Decoração | 28 d Jan d 2012

Se você é estudante ou recém-formado e está em início de carreira, provavelmente lidará com aluguel de quartos (veja mais sobre aluguel quartos). Alugar pequenos quartos para morar pode ser o mais correto, dado os altos preços cobrados para apartamentos e casas, muitas vezes inviáveis para quem pretende morar sozinho.

Mas não é porque sua moradia é pequena que você vai deixar de pensar na decoração, principalmente com o intuito de torná-lo aconchegante e de deixá-lo com a sua cara.

Como o espaço é quase sempre pequeno, precisará aproveitar cada centímetro. Se desfaça de todos os objetos que não combinem com decoração ou que não tenham utilidade real. Uma grande quantia de objetos vai dar um aspecto desorganizado ao quarto.

Procure optar por poucas cores e trabalha-las em vários pontos e objetos. Foi o que fizeram com a cor vermelha no quarto abaixo:

Decoração para quartos

Decoração para quartos

Foto

Caso você pretenda colocar TV e som no quarto escolha aparelhos pequenos. Tente aproveitar ao máximo as paredes através de prateleiras, nichos e quadros. Adesivos de parede também estão sendo muito usados atualmente e são fáceis de colocar, além de baratos.

Acessórios são sempre uma opção fácil, rápida e barata para alegrar o ambiente: pufs, móbiles, almofadas, luminárias, cortinas, tapetes, etc.

Decoração para quartos

Decoração para quartos

Foto

A luz natural parece aumentar até o menor dos espaços. Se não atrapalhar sua privacidade, evite pendurar cortinas; se fizer questão de cobrir as janelas a sugestão é uma cortina leve e semitransparente, em tons claros. Assim como a luz natural, os espelhos também são ótimos para fazer qualquer espaço aumentar, sejam pendurados ou dispostos no chão.

Aposte em mobília multifuncional para decorar com estilo e praticidade: camas com gavetas sob o colchão; sofás-cama, baús que servem para sentar, etc. Embutir desde electrodomésticos, prateleiras, estantes ou armários passa a idéia de organização e libera bastante espaço, tornando seu dia-a-dia mais prático.

Mesmo assim, apesar de todas essas dicas, como se vê nas fotos abaixo, um pouco de criatividade pode tornar seu ambiente super autêntico a um custo baixíssimo.

Decoração para quartos - Simplicidade

Decoração para quartos - Simplicidade

Foto

Comente! Tags: , , ,
Links Patrocinados

Composição de ambientes com adesivos de parede

Decoração | 19 d Jan d 2012

Quando o ambiente se torna uma peça gráfica

Um ambiente pode ficar incrivelmente bem concebido quando se trabalha fazendo com que seus elementos formem uma forte unidade visual. É o que se vê na imagem abaixo:

Ambiente com adesivos de parede

Ambiente com adesivos de parede

Do branco do rodapé, passando pelo bege do piso, pelo amarelo dos móveis até o forte laranja da parede, vemos uma graduação na tonalidade da cor do ambiente. O contraste geral foi reduzido com a utilização do recurso de tom sobre tom, no caso aqui, trabalhando-se com cores quentes.

O adesivo de parede, na cor preta, destoa do conjunto voluntariamente, chamando a atenção para si e contribuindo com um forte significado para o ambiente. Sim, este é o cantinho do café 🙂

Fica então a dica: A utilização do contraste como instrumento visual é uma eficiente forma de se direcionar a atenção das pessoas para o elemento do ambiente que se quer transformar em ponto focal.

Vale ainda observar a pertinência quanto à escolha dos tons. Devido à forte impressão psicológica de calor resultante das cores quentes, um ambiente como este acaba sendo sugerido para lugares frios. Uma sala desta à beira da praia no Rio de Janeiro mataria as pessoas sufocadas 🙂

Veja várias outras composições admiráveis como esta aqui.

Via: Home-designing.com

Comente! Tags: , , ,

Como guardar bolsas?

Decoração | 21 d Aug d 2011

Como guardar bolsas?

Como guardar bolsas?

Neste closet a arquiteta Fernanda Bessone expôs as bolsas de uma cliente na parede. A solução foi criar um painel de MDF no qual foram encaixados pinos retráteis que acomodam diversos tamanhos de bolsas, mas somem quando não estão sendo usados. Prático e original!
1 comentário Tags: , , , , , , ,

Como decorar um apartamento alugado

Decoração | 24 d Jun d 2011

A maioria das dicas de reforma e decoração são mais destinadas a quem mora em casa própria. Para essas pessoas, todas as melhorias no imóvel agregam valor ao mesmo e dessa forma não se gasta dinheiro à toa.

Mas se você está procurando um apartamento para alugar e gostaria de deixá-lo mais com a sua cara, há várias dicas muito simples que ajudam e muito a conseguir aquele tom mais pessoal ao seu lar.

De forma geral, em apartamentos alugados você não poderá realizar mudanças estruturais ou muito radicais, pois podem custar muito caro e o proprietário provavelmente também não vai concordar. Antes de mais nada, verifique se não existem cláusulas restritivas no contrato de locação como furar, demolir ou mudar as cores do imóvel.

Uma dica fundamental é fotografar o apartamento inteiro antes de realizar qualquer mudança. Desse modo você terá uma referência para caso venha a se deparar com exigências do proprietário para que deixe o imóvel como estava assim que o alugou.

É bom lembrar que toda decoração deve ser reversível, pois na hora de devolver o imóvel tudo deve ficar de acordo com o que foi antecipadamente estipulado no contrato.

Dessa forma, para o caso de apartamentos alugados, vale mais a pena trabalhar boas peças de mobiliário, tapetes, luminárias, objetos de decoração, enfim, coisas que você poderá levar junto quando tiver que entregar o apartamento ao se mudar de novo.

Aconchego através da simplicidade

Aconchego através da simplicidade

Luz

As luminárias de apartamentos alugados sempre são simples e sem graça. Nesse caso, vale a pena trocá-las. O resultado sempre surpreende. E você ainda pode levá-las embora quando tiver que entregar o imóvel.

E fique atento(a) quanto à intensidade luminosa. Lâmpadas mais fracas costumam deixar o ambiente mais acolhedor e ainda economizam na conta de luz.

Branco e a luminosidade dos ambientes

Branco e a luminosidade dos ambientes

Cores

Cores são um tema muito pessoal, e tem a vantagem de poder ser alterada sempre que se quiser. Use cores que lhe agradem para deixar os ambientes com a sua cara. Branco contribui para a luminosidade do ambiente, tons pastéis deixam-no mais acolhedor e tons fortes servem para impactar. Tons fortes costumam dar um bom resultado quando utilizados em uma única parede rodeada por outras paredes em tons suaves.

Luz e cores, muitas cores

Luz e cores, muitas cores

Paredes

Paredes com revestimento de gosto duvidoso são um problema. Especialmente quando o proprietário morava antes no imóvel e o aplicou com todo o capricho do mundo. Ele tem apego sentimental à “obra de arte” e não vai deixar você removê-la. Para contornar esse problema, uma parede de drywall para escondê-las pode ser a solução, bem como detalhes com papel de parede ou quadros. Caso não possa furar paredes,  coloque-os sobre prateleiras, aparadores e outros móveis. Cortinas e tapetes são ótimas dicas para esconder os pontos negativos do ambiente.

Mobiliário

Boas peças de mobiliário têm o poder de esconder acabamentos precários e enriquecer o ambiente. Elas captam a atenção das pessoas. Não é porque seu piso é feio que o sofá também precisa ser. Aliás, se seu piso for feio ou antiquado, compre um grande tapete e esconda-o ao máximo. Trocar armários velhos também faz bem a qualquer imóvel. Compre almofadas e utilize luminárias de chão e abajures para criar climas diferenciados – intimista, aconchegante, de festa, etc.

Aconchego a baixíssimo custo

Aconchego a baixíssimo custo

Jardins e varandas

Se o imóvel alugado for uma casa com jardins ou varandas e pátios externos, use e abuse de vasos e plantas. Depois do vencimento do contrato, basta colocá-los no caminhão de mudança. Vasos com vegetação agregam mais vida e frescor aos ambientes, desde que observados a iluminação, ventilação, insolação, para suas plantas não secarem na primeira semana 😉 Compre um vaso para pôr sobre a mesa de jantar e coloque flores toda semana. Elas conferem um toque de vida e beleza ao nosso dia-a-dia.

Banheiros e Cozinhas

Geralmente, o que está pior em um imóvel são as áreas molhadas. Revestimentos de banheiros e cozinhas antigos tendem a ser um desastre. Pintar azulejos (com uma tinta especial para esta finalidade) pode não ser uma má ideia. Converse com seu locador. Se você estiver a fim de se empenhar, pode tentar negociar com ele a troca dos pisos descontando o valor da obra nos alugueis. Se ele for esperto, vai aceitar, porque a renovação dos acabamentos cerâmicos valoriza bastante o imóvel. Outra dica boa é a troca do vidro do box. Deixa o banheiro novo com pouco dinheiro. E se você ainda quiser levar embora, é só desparafusar.

Enfim…

Para decorar um apartamento alugado, itens reversíveis como pintura, papéis de parede e adesivos, bem como itens removíveis como quadros, vasos, plantas, luminárias, almofadas, mantas, cortinas, tapetes e livros e objetos decorativos são dicas de decoração simples, fáceis e baratas. São dicas de decoração que vão deixar o seu apartamento, mesmo que alugado, com a sua cara. Vale a pena pensar nisso tudo e transformar o seu dia-a-dia deixando o astral do seu lar lá em cima 😉

Se você é proprietário de um apartamento para alugar, use acabamentos, cores e móveis neutros, evite inventar modas já que o gosto dos inquilinos pode (e certamente não é) o mesmo que o seu, e faça reparos periódicos para não deixar o imóvel caído. Banheiros e cozinha devem ser reformados a cada 20 anos, no máximo. Um piso de madeira precisa de raspagem e tratamento a cada cinco anos. Deixando tudo em ordem, o valor do aluguel aumenta e você ainda zela pelo seu patrimônio.

Comente! Tags: , , , , , ,

O amarelo na decoração

Decoração | 04 d Apr d 2011

Cortinas amarelas - Paredes brancas

Cortinas amarelas - Paredes brancas

Se usada de forma moderada e em poucos itens, como por exemplo nas cortinas e almofadas demonstradas nestas imagens, a cor amarela pode contribuir com vivacidade e energia para o ambiente. Lembrando ainda que o amarelo é a cor da riqueza e opulência, e expressa um relativo clima de aconchego. Mas como tudo na vida, use com moderação 😉

Cortinas amarelas - Paredes escuras

Cortinas amarelas - Paredes escuras

Via: TurquoiseTulipsAndBliss

1 comentário Tags: , , , , , ,

Decoração romântica para suítes

Decoração | 16 d Feb d 2011

Abaixo, três sugestões de decoração romântica para a sua suíte. Todas muito elegantes, sem cair ( muito 🙂 ) para o brega, a não ser com as flores, para o que, conhenhamos, seja inevitável utilizar para caracterizar um ambiente romântico. Mas é sempre bom encontrar uma flor embelezando nosso caminho 😉

Decoração romântica para suítes

Decoração romântica para suítes

Decoração romântica para suítes

Decoração romântica para suítes

Decoração romântica para suítes

Decoração romântica para suítes

Imagens: HomeDesigning

Comente! Tags: , , , , , , , , , ,

Terraços e varandas

Arquitetura | 15 d Feb d 2011

A personalidade de cada casa é fortemente influenciada pela sua relação com o exterior. No caso de grandes projetos residenciais, esta ligação interior / exterior é fácil de realizar, especialmente se houver um jardim envolvido. Mas o que se pode fazer quando confrontado com um espaço limitado? Uma solução para este problema seria arranjar um espaço ao ar livre que poderia servir como relaxamento e que estaria em contato forte com o resto do projeto da casa. Abaixo, algumas opções muito atraentes de terraços e varandas para lhe inpirar em seus projetos:

Terraços e varandas - Pedrinhas nas alturas? Sim, por que não???

Terraços e varandas - Pedrinhas nas alturas? Sim, por que não???

Terraços e varandas - Guarda-sol tornando tudo mais charmoso

Terraços e varandas - Guarda-sol tornando tudo mais charmoso

Terraços e varandas - Plantas, madeira e almofadas

Terraços e varandas - Plantas, madeira e almofadas

Terraços e varandas - Vista urbana

Terraços e varandas - Vista urbana

Terraços e varandas - Ares românticos

Terraços e varandas - Ares românticos

Terraços e varandas - Ah o astral de um terraço à beira mar

Terraços e varandas - Ah o astral de um terraço à beira mar

Veja várias outras idéias de terraços e varandas em: FresHome

Comente! Tags: , , , , , ,

Espaço para o mobiliário

Interiores | 12 d Dec d 2010

Espaço para o mobiliário

Espaço para o mobiliário

O reduzido espaço dos apartamentos recentemente construídos, visando a otimização do custo/benefício da obra, prejudica em muito a obtenção de um interior bem projetado. Quanto mais sofisticado um móvel, um quadro, um tapete, mais espaço o ambiente terá de dispôr para uma correta disposição destes elementos.

Além da funcionalidade, móveis, quadros, tapetes e outros itens de decoração trazem também uma forte qualidade estética, e para tal, devem ter uma “margem” de espaço a sua volta para a devida apreciação. Itens de decoração muito “colados” um no outro, prejudicam-se mutuamente, e neste caso, não só esteticamente, como muito possivelmente, tem também suas funções prejudicadas. É como no caso do texto na folha de papel, que tem a sua volta uma margem de alguns centímetros, a qual possibilita uma melhor legibilidade do texto em si. Muitas vezes esse espaço necessário pode ser obtido eliminando-se itens supérfluos e desnecessários. Menos é sempre mais.

Fotografia: ArchDaily

Comente! Tags: , , ,
Página 1 de 612345...Última »